Piloto que estava desaparecido em Rally é encontrado morto

O piloto Daniel Santos, 36 anos, foi encontrado morto na tarde desta quinta-feira (27) em área no distrito de Ubatuba, no município de Granja (CE), divisa com o estado do Piauí.

Daniel Santos desapareceu quando competia na modalidade motocross no Rally Cerapió 2022, a maior prova de regularidade do País que acontece há 35 anos entre os estados do Piauí, Maranhão e Ceará.  O piloto é da cidade de Nova Venécia (ES) e estava na prova com a mulher.

continua depois da publicidade

O piloto foi encontrado fora da trilha do rally. Segundo relatos da equipe que o localizou, Daniel tinha estacionado a moto e estava caído ao lado do veículo.

Competidores – de bikes, motos, carros, quadriciclos – e organização do evento estão em choque e consternados com a morte de Daniel Santos.

O rally conta com cerca de 500 competidores e a prova vale  pelo Campeonato Brasileiro de Enduro (CBM) e pelo Campeonato Brasileiro de Rally (CBA).

Ao ser informado do desaparecimento do piloto, a organização do Rally acionou equipes do Corpo de Bombeiros que faziam as buscas entre os dois estados.

A procura pelo piloto seguiu durante todo o dia de hoje (27) por várias trilhas oficiais da competição e também em áreas fora da prova. A operação contou com o apoio da Secretaria de Segurança do Estado do Ceará, que enviou bombeiros, policiais militares e civis, Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) e canil para auxiliar nas buscas, além das comunidades locais envolvidas que se solidarizaram com a situação.

No início da tarde, a organização do Rally comunicou que tinha decidido cancelar a última etapa do evento, previsto para esta sexta-feira (28), que seria realizado entre Parnaíba (PI) e Barreirinhas (MA).

O Rally Cerapió/Piocerá recebe pilotos nacionais e internacionais, realiza briefings diários com os pilotos, orientando sobre as trilhas e conta com equipe médica.

Flash Yala Sena

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo