Wellington Dias lança sistema de identificação com RG digital no Piauí

O objetivo do RG digital é coibir fraudes e fazer com que o CPF seja o único número de identificação.

Nesta terça-feira (15), o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), a Agência de Tecnologia da Informação (ATI) e a Secretaria da Segurança Pública (SSP), lançaram o novo sistema de identificação digital, a carteira de identidade 100% digital. A medida está em conformidade com o decreto federal Nº10.900/2021 que visa a unificação de todos os documentos.

O governador, que esteve presente na cerimônia, ressaltou sobre a modernização do Piauí no âmbito de identificação e afirmou que é um processo rápido para emissão do RG digital. “Nós estamos vivendo, a partir de hoje, um momento novo. Através da Secretaria de Segurança, da ATI, do Instituto de Identificação, foi possível fazer com que o Piauí chegasse na digitalização e modernização e mais do que isso, o número do CPF passa a ser geral, valendo para identidade, podendo assim, que cada um tenha um documento só. É um processo rápido, confirmei alguns dados e pouco depois recebi o documento no celular”, pontuou.

continua depois da publicidade

Segundo o diretor da ATI, Antônio Torres, o RG digital era uma das metas da gestão do Governo do Estado e com a nova tecnologia será possível que o CPF seja o único número de identificação dos cidadãos.

“Está sendo uma vitória, era uma das metas do mandato poder entregar um RG 100% digital e seguro, é esse passo que concretizamos nesse dia. Não há pressa para você tirar seu novo RG, pois seu RG atual e a medida em que for vencendo, você procura os mesmos postos e o processo continua igual, o que muda é que a coleta de digital e foto, passa ser 100% digital. O número do CPF passa a atuar como o número de sua identidade, conforme o decreto federal”, disse o diretor.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, coronel Rubens Pereira, a nova modalidade de RG visa também evitar fraudes com documentos. “Nós já estamos modernizando e adaptando o Piauí para uma realidade que vai ser nacional, então agora um cidadão terá um número único, que será do CPF. Vamos evitar também as fraudes com a coleta da digital biométrica e, nesse momento, queremos dar mais celeridade para que o cidadão consiga ter esse documento”, destacou o secretário.

O ex-secretário de Segurança e deputado federal, Fábio Abreu (PSD) que iniciou o projeto de modernização quando ainda era secretário, afirmou que a nova tecnologia é um avanço expressivo.

“Isso é um avança muito grande e contamos agora com um único documento, isso foi implementado pelo Governo Federal e o Piauí é o segundo estado que implementa isso. E nesse processo, se destaca os itens de segurança, a questão da comodidade, pois não teremos mais casos de que alguém que tenha dois ou 3 números de identidade. O ganho que temos em relação a queda de fraudes é muito grande”, acrescentou Abreu.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo