Professora descobre que tem anticorpos para Covid-19 após testagem em São Raimundo Nonato

Professora Auricélia Ribeiro Silva, 56 anos, descobriu ter anticorpos para Covid-19. A professora realizou o teste durante Programa Busca Ativa que vem sendo realizado em São Raimundo Nonato. O Secretário Municipal de Saúde, Jussival Júnior, ressaltou que devido à grande quantidade de testes rápidos que vem sendo realizados, foram identificados ainda casos em que houve contaminação e esses já estão curados.

“Para a realização desses testes, se usa amostra de sangue, em que se detecta anticorpos IgM e IgG. Sendo o IgM (Doença ativa)  e IgG  (Presença de anticorpos, já teve a doença). Algumas pessoas que recebem o exame com esse resultado acabam identificando que em determinado dia teve um dos sintomas, mas não se atentou, ou não buscou atendimento médico por medo de ser diagnosticado com o Covid-19”, disse o secretário.

continua depois da publicidade

Um desses casos foi o da professora Auricélia Ribeiro Silva, 56 anos, que testou e resultou em IgG  positivo.

“Fiquei surpresa ao receber o resultado, mas lembrei que logo no início dessa campanha de isolamento social em que se falava da gravidade da pandemia, eu senti indisposição, dor de cabeça e febre. Eu fiquei com um pouco de medo, me questionando se não estaria com a Covid-19, mas sempre na certeza de que não estaria contaminada. Quando eu fui informada pela equipe de saúde que eu já tive, foi um susto”.

Por Luan Ribeiro

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo