Piauiense ganha R$ 1,5 milhão em ‘Jogo do Tigrinho’, mas não pode sacar o valor

O Piauiense Marcos Nonato, residente da cidade de Palmeiras, apostou no popular “Jogo do Tigrinho” e conquistou a impressionante quantia de R$ 1.525.082,62 através de um cassino online que ganhou destaque nos últimos meses. No entanto, a alegria do piauiense transformou-se em decepção ao descobrir que não poderia sacar o dinheiro ganho, pois todo o valor foi convertido em bônus para mais apostas no jogo.

O “Jogo do Tigrinho” é um simulador de caça-níquel onde os jogadores apostam e ativam uma roleta, buscando combinações de figuras repetidas para receber prêmios em dinheiro. Contudo, segundo o delegado Humberto Mácola, da Delegacia de Repressão e Combate aos Crimes de Informática (DRCI), o jogo é considerado ilegal no Brasil, por se tratar de um jogo de azar sem regulamentação. As plataformas que oferecem esses serviços são hospedadas fora do país e operam de forma clandestina.

continua depois da publicidade

“Os jogos de azar praticados na internet, como o ‘Jogo do Tigrinho’, são irregulares. Não há regulamentação e, por estarem sediados fora do Brasil, nossa recomendação é que as pessoas evitem participar dessas atividades ilegais. O fracasso e a derrota nesses jogos, onde a sorte e o azar são determinados pelas plataformas, são praticamente garantidos”, alertou o delegado Mácola.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo