Projeto da Funasa leva água e produção para região de São Raimundo Nonato

    A horta orgânica da zona rural de Caracol é só um dos exemplos de uso da água dos sistemas de abastecimento que foram implantados em vários municípios do Piauí através da atuação do ex-presidente da Fundação, o piauiense Henrique Pires.

    Em Caracol, a mais de 600 km de Teresina,  os moradores das comunidades beneficiadas estão aproveitando sistema de abastecimento implementado pela Funasa (Fundação Nacional de Saúde) para fazer o plantio de hortas orgânicas. Em Caracol foram 3 milhões e 400 mil pela Funasa, 19 sistemas de abastecimento de água. Só na comunidade Travessão, por exemplo, são 72 casas beneficiadas. Também no município de Avelino Lopes, onde mais famílias aproveitaram a água dos sistemas para realizar o plantio de hortas. Outras cidades como Miguel Alves, onde a Funasa, durante a gestão do piauiense, implantou o maior sistema de abastecimento d’água da história da própria Fundação.

     Segundo Henrique Pires a iniciativa das famílias piauienses está proporcionando uma revolução no aproveitamento da água é para consumo humano, mas o cultivo das hortas necessita de pouca água”, explica.  Em Caracol a horta da comunidade Alto dos Prisilinos já está proporcionando renda àquelas famílias.  Henrique Pires destaca que a ideia dos agricultores é pioneira e demonstra que uma ação pontual pode trazer mudanças significativas para as comunidades rurais do sertão.

    “Eles aproveitaram um benefício que tinha um foco específico e o ampliaram. Isso é muito importante e deve ser louvado, deve ser copiado porque é o sertão e a Funasa,durante minha gestão,realizou inúmeras obras, como esta que foi feita em Caracol, em várias outras cidades do Piauí”, explica.

    O plantio da horta do Alto dos Prisilinos é totalmente orgânico. Não houve compra de sementes selecionadas, eles usaram sementes dos alimentos que compraram da feira local. Tem cheiro-verde, limão, banana, cana, tomate, alface e pimentão. A produção está tão boa que eles vão começar a vender, já existem alguns produtores interessados em comprar deles para vender em outras localidades.

    Deixe sua opnião