Piauí fecha junho mais de 22 mil casos do coronavírus; alta no mês é de 300%

O Piauí fechou o mês de junho com mais de com novo recorde de casos confirmados – 1.637 em apenas 24 horas – e mais 23 mortes de pacientes com a covid-19. Os dados foram atualizados na noite desta terça-feira (30).

No dia 31 de maio, eram 5.119 casos confirmados e 168 mortes. Nesta terça-feira (30), o total acumulado chegou a 22.056 casos e 686 óbitos, segundo boletim da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi).

Em relação aos números do final de maio, o crescimento de casos foi de 330%. O total de óbitos subiu 308%.

Foram 519 vidas perdidas somente no mês de junho – 75,65% do total acumulado desde março.

Dos mais de 22 mil casos acumulados, 16.940 foram confirmados em junho – 76,79% do total.

Óbitos confirmados
Dos 686 óbitos, 405 são do sexo masculino. A maioria tinha cardiopatia e/ou hipertensão (402 pacientes) e 60 anos ou mais (513).

Das 23 novas mortes, 18 foram de Teresina – 387 no total acumulado. Foram 11 homens (48, 49, 50, 56, 66, 69, 70, 70, 72, 83 e 94 anos) e sete mulheres (67, 72, 81, 82, 83, 85 e 87 anos).

Com mais um registro, um homem de 54 anos, Parnaíba chegou a 61 óbitos.

Mais duas mortes foram registradas no município de Castelo do Piauí, que chegou a três no total. Foram duas mulheres, de 82 e 87 anos.

Foram confirmadas a sétima morte de Uruçuí (homem, 49 anos, e a sexta de Piracuruca (homem, 60 anos).

1.637 casos confirmados
O recorde anterior era de 1.246 casos confirmados, do dia 19 de junho, quando o boletim acumulou registros atrasados do dia anterior.

Paquetá (1), Santa Cruz dos Milagres (1) e São Miguel do Fidalgo (1) confirmaram seus primeiros casos. Agora são 207 dos 224 municípios com registros do novo coronavírus.

Os municípios com maior número de casos são: Teresina (8.294), Parnaíba (2.884), Campo Maior (759), Picos (692) e Barras (588).

Um bebê de três meses e uma pessoa de 96 anos estão entre os novos infectados no estado.

Situação hospitalar
Mais 34 pacientes tiveram alta médica, mas a ocupação de leitos voltou a crescer, após três dias seguidos em queda. São 894 pacientes internados – 13 a mais que no dia anterior.

São 549 pacientes em leitos clínicos, 21 em estabilização e 324 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) – o maior número registrado no Piauí desde o início da pandemia.

Botão Voltar ao topo
Fechar