“Não é Não”: conheça a campanha contra o assédio no Carnaval

É preciso reforçar essa verdade: todos os dias milhões de mulheres são assediadas nas ruas, no trabalho e até dentro de suas casas. No Carnaval não é diferente. Mas o que deveria ser um momento de alegria para todos, normalmente se transforma em incômodo e violência contra as mulheres.

Nas palavras de uma das integrantes do coletivo, “foi preciso escrever para as pessoas entenderem que não é não”.

Para o Carnaval de 2020, as integrantes do coletivo, que usa a informação e o empoderamento como instrumentos contra o assédio, conseguiram um financiamento para distribuir gratuitamente a tatuagem temporária com os dizeres ‘Não é Não’.

As tatuagens são destinadas à mulheres e a expectativa é que sejam distribuídas 4 mil tatuagens temporárias durante o Carnaval.

Botão Voltar ao topo
Fechar