“Eleição terminou”, diz o governador sobre conversas com líderes da oposição

33

O governador Wellington Dias (PT) fez um balanço da conversa com o ex-senador João Vicente Claudino, que assume a presidência do PTB. Segundo o governador, a eleição passou e todos os líderes políticos devem se unir em torno dos interesses do Estado.

Wellington afirma que conta com a presença do PTB na base aliada. “Uma reunião muito importante. Ele apenas me comunicou que assume a presidência do PTB. É um parceiro e vamos continuar nessa direção trabalhando muito. Fiquei muito feliz. Tive o privilégio de conviver com ele como senador, quando ajudou muito o Piauí. Com o retorno dele à política, quem ganha é o Piauí. O PTB prossegue na base”, destacou.

Sobre a aproximação com líderes da oposição, o governador falou sobre declaração do ex-deputado Robert Rios. O ex-deputado chegou a afirma que caso o prefeito Firmino Filho (PSDB) assuma a liderança da oposição no Estado, ele não descartaria voltar ao governo.

Para o governador, a reaproximação não seria impossível. Ele destaca a necessidade de diálogo.

“Acho que todos os líderes tem a obrigação. A realidade brasileira não está fácil. Ninguém de bom senso é oposição aos interesses maiores nem do país, muito menos do nosso Estado.Vejo uma atitude madura e importante. Da nossa parte temos interesse de trabalhar em sintonia com os interesses do Piauí. Procuro agir com essa responsabilidade com relação aos interesses do Piauí. A eleição terminou e temos os mandatários com obrigações de cada um cumprir com sua missão e trabalhar”, destacou.

Lídia Brito

Deixe sua opnião