Apenas 2% dos piauienses realizam trabalho voluntário, aponta IBGE

No Piauí, somente 2% das pessoas com 14 anos ou mais participam de trabalho voluntário, o que é a segunda menor taxa do país. Especificamente em Teresina, o percentual é ainda mais baixo: 1,4%.

No entanto, o número de horas destinadas ao trabalho voluntário em Teresina (7,4 horas semanais) é maior que o do estado (4,9 horas semanais).

Considera-se como trabalho voluntário aquele não compulsório, realizado por pelo menos uma hora na semana, sem nenhuma remuneração em dinheiro ou benefícios, para produzir bens ou serviços a pessoas não moradoras do domicílio e não parentes.

Entre 2016 e 2017, o percentual de pessoas que realizaram trabalho voluntário no país aumentou de 3,9% para 4,4%, chegando a 7,4, milhões de pessoas de 14 anos ou mais.

A região Norte (5,8%) teve a maior taxa de realização dessas atividades, enquanto no Nordeste (3,2%) observou-se a menor.

No Piauí, as taxas recuaram de 2,5% em 2016 para 2% em 2017. Neste período, essas taxas não somente ficaram abaixo da média do Brasil e do Nordeste como seguiram sentido inverso, mostrando redução, enquanto a realização de trabalho voluntário aumentou em todas as grandes regiões do país.

No Piauí, somente 2% das pessoas com 14 anos ou mais participam de trabalho voluntário, o que é a segunda menor taxa do país. Especificamente em Teresina, o percentual é ainda mais baixo: 1,4%.

No entanto, o número de horas destinadas ao trabalho voluntário em Teresina (7,4 horas semanais) é maior que o do estado (4,9 horas semanais).

Considera-se como trabalho voluntário aquele não compulsório, realizado por pelo menos uma hora na semana, sem nenhuma remuneração em dinheiro ou benefícios, para produzir bens ou serviços a pessoas não moradoras do domicílio e não parentes.

Entre 2016 e 2017, o percentual de pessoas que realizaram trabalho voluntário no país aumentou de 3,9% para 4,4%, chegando a 7,4, milhões de pessoas de 14 anos ou mais.

A região Norte (5,8%) teve a maior taxa de realização dessas atividades, enquanto no Nordeste (3,2%) observou-se a menor.

No Piauí, as taxas recuaram de 2,5% em 2016 para 2% em 2017. Neste período, essas taxas não somente ficaram abaixo da média do Brasil e do Nordeste como seguiram sentido inverso, mostrando redução, enquanto a realização de trabalho voluntário aumentou em todas as grandes regiões do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo