Governo do Piauí estuda prorrogar permanência de agentes no Ceará

No dia 20 de janeiro, o Piauí irá discutir a possibilidade de prorrogação da permanência de homens da força de segurança piauienses no Estado do Ceará. O secretário de Segurança, Rubens Pereira, afirma que a decisão deve ser tomada pelo governador.

Como o governador Wellington Dias (PT) encontra-se de férias em Israel, o assunto deve ser analisado pela governadora em exercício Regina Sousa (PT). O Piauí enviou para o Ceará 20 homens da Polícia Militar e 10 agentes penitenciários.

continua depois da publicidade

Os agentes do Piauí ajudam no combate à violência no Estado do Ceará. “O entrei em contato com o secretário de Segurança do Ceará. Pedi que ele se manifestasse ou que o governador Camilo Santana faça isso. Vamos continuar se necessário com a prorrogação. Caberá ao governador analisar”, destacou.

Regina Sousa avalia que a discussão sobre a política de segurança pública deve ser feita em conjunto com todos os estados. “Já temos reunião marcada com os governadores para o di 06 de fevereiro. Acredito que esse assunto da integração será debatido não apenas com o Ceará, mas com todos os Estados do Nordeste. A integração é importante. Ações da política de segurança deveriam ser nacionais. Todos os estados fazendo a mesma coisa”, afirmou.

Para a governador em exercício, o Brasil precisa discutir a criação do fundo de segurança pública. “Cada estado que inovar de um jeito e acaba não dando certo porque nenhum tem pernas para garantir a segurança como ela deve ser. É política nacional. Demos um passo muito grande quando aprovamos o Sistema Único de Segurança, mas faltou aprovar o fundo. Não adianta ter um sistema único sem o dinheiro que é um fundo onde todos participam”, destacou.

Lídia Brito

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo