Ex primeira-dama de Várzea Branca poderá responder por crime de calúnia em rede social

O candidato a prefeito pelo Partido Progressista de Várzea Branca (PI), Clayton Fábio, registrou boletim de ocorrência na delegacia local contra Neuma Belarmino após a divulgação em seu facebook acusando o candidato de agredir uma suposta eleitora do município.

A ex primeira-dama, Neuma Belarmino teria realizado postagem no dia 24/10/2020 em suas redes sociais com a seguinte mensagem, -“O HOMEM COMEÇOU A BATER EM QUEM NÃO VOTA NELE, NO MONTE ALEGRE ONTEM UMA MULHER FOI ESPANCADA, POR Q NÃO VOTA NO 11”.

Captura, de tela realizada da postagem.

-“As acusações, foram feitas sem informar contra qual eleitora e deixando a entender que eu teria praticado o crime de agressão”, diz o candidato Clayton Fábio.

continua depois da publicidade

Ainda segundo o candidato a noite citada no post da ex primeira-dama, ele se encontrava em um local totalmente diferente da localidade onde a suposta eleitora reside.

Em entrevista o advogado Dr. Alex Macedo o crime de calúnia pode gerar condenação de até dois anos de cadeia -“Com o registro da ocorrência policial, a ex primeira-dama Neuma Belarmino responderá por crime de calúnia, nos termos do art. 138 do CP, podendo sofrer condenação de até dois anos de prisão. Além do crime praticado, Neuma poderá ainda responder ainda por danos morais, via ação judicial que, segundo informa o candidato, será impetrada, pois o objetivo das acusações teriam a intenção de interferir na opinião do eleitorado local para as próximas eleições de 2020, onde concorre Clayton Fábio para o cargo de prefeito, e estaria em primeiro lugar nas pesquisas.”, diz.

O OUTRO LADO 

Tentamos contato com a ex primeira-dama, porém até o fechamento desta matéria não obtivemos resposta.


Por Matheus Oliveira – Redação TERESINA EM FOCO


 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo