Pressão alta na juventude eleva risco de doença cardíaca mais tarde

Modelos clínicos atuais levam em conta o nível de pressão arterial a partir da meia idade. Avaliar as mudanças desde cedo pode evitar enfermidades.

Jovens de 18 anos que sofrem de pressão alta têm mais risco de desenvolver doenças cardiovasculares no futuro. A descoberta foi feita em um estudo de longa duração publicado nesta terça-feira no periódico Jama.

“Modelos atuais levam em conta o nível de pressão arterial somente quando o risco [de doenças cardiovasculares] se manifesta, em geral na meia idade ou mais tarde, e não consideram os potenciais efeitos da pressão sanguínea na juventude ou suas mudanças ao longo da vida”, informa o artigo.

Na pesquisa da Universidade Northwestern, nos Estados Unidos, foram analisados dados de 4.681 jovens com 18 a 25 anos no início do estudo, em 1985 e 1986, que tiveram sua pressão sanguínea medida pelos 25 anos seguintes.

Cinco grupos – Os cientistas identificaram cinco perfis dos participantes: 22% mantiveram a pressão sanguínea baixa ao longo do estudo; 42% mantiveram níveis moderados; 12% começaram com níveis moderados e sofreram uma elevação aos 35 anos, em média; 19% mantiveram a pressão relativamente elevada; 5% tinham pressão alta no começo e índices ainda maiores com o passar dos anos.

Ricardo Pavanello, supervisor de cardiologia do Hospital HCor. Ricardo Pavanello, supervisor de cardiologia do Hospital HCor. Ricardo Pavanello, supervisor de cardiologia do Hospital HCor. Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo

Quais são os principais problemas cardíacos?

Como se caracterizam os principais problemas cardíacos?

O que é mal súbito?

(Fabiano – Colombo/Paraná)

Quais são as principais causas dos problemas cardíacos?

Quais problemas cardíacos são congênitos?

Quais são os problemas congênitos mais comuns?

O sal ajuda a controlar a pressão arterial?

Por que hoje os problemas no coração são a causa número 1 de mortes?

Quem tem colesterol alto tem mais chances de sofrer problemas cardíacos?

(Paula Estevam – São Paulo – SP)

Quais sinais podem indicar problemas no coração?

  • Quais são os principais problemas cardíacos?
  • Como se caracterizam os principais problemas cardíacos?
  • O que é mal súbito?(Fabiano – Colombo/Paraná)
  • Quais são as principais causas dos problemas cardíacos?
  • Quais problemas cardíacos são congênitos?
  • Quais são os problemas congênitos mais comuns?
  • O sal ajuda a controlar a pressão arterial?
  • Por que hoje os problemas no coração são a causa número 1 de mortes?
  • Quem tem colesterol alto tem mais chances de sofrer problemas cardíacos?(Paula Estevam – São Paulo – SP)
  • Quais sinais podem indicar problemas no coração?

Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo

A partir de que idade é preciso fazer exames e quais devem ser feitos?

(André Luis Silva, Caldas Novas – GO)

Quem é obeso deve procurar um cardiologista?

Que tipo de alimentação pode diminuir as chances de problemas cardíacos?

Quais os alimentos mais prejudiciais ao coração?

Como calcular corretamente a frequência cardíaca para a prática de exercícios físicos?

(Mel Falcão – Feira de Santana – BA)

Que tipo de cuidados as pessoas que já têm problemas cardíacos precisam ter?

Quem tem problemas cardíacos pode praticar esportes?

O que fazer para baixar ou aumentar a pressão arterial em situações de emergência?

Como ajudar uma pessoa que está sofrendo um ataque cardíaco?

  • A partir de que idade é preciso fazer exames e quais devem ser feitos?(André Luis Silva, Caldas Novas – GO)
  • Quem é obeso deve procurar um cardiologista?
  • Que tipo de alimentação pode diminuir as chances de problemas cardíacos?
  • Quais os alimentos mais prejudiciais ao coração?
  • Como calcular corretamente a frequência cardíaca para a prática de exercícios físicos?(Mel Falcão – Feira de Santana – BA)
  • Que tipo de cuidados as pessoas que já têm problemas cardíacos precisam ter?
  • Quem tem problemas cardíacos pode praticar esportes?
  • O que fazer para baixar ou aumentar a pressão arterial em situações de emergência?
  • Como ajudar uma pessoa que está sofrendo um ataque cardíaco?

*O conteúdo destes vídeos é um serviço de informação e não pode substituir uma consulta médica. Em caso de problemas de saúde, procure um médico.

Deixe sua opnião