Governador reconhece que garoto em cela é grave, mas mantém Daniel na Sejus

O governador Wellington Dias afirmou que o secretário de Justiça do Estado, Daniel Oliveira, permanecerá no cargo e que não há motivos para que ele seja afastado. Ele reconheceu a gravidade do fato ocorrido na Colônia Agrícola Major César, com o menor achado debaixo da cama em uma cela, mas disse que todas as providências estão sendo tomadas no cabe ao governo do Estado.

 De acordo com o governador, está havendo uma investigação para encontrar os responsáveis por essa “falha” e ele garante e que se for constatada a existência de crime, o Estado tomará as medidas cabíveis para que os culpados sejam responsabilizados.

“O secretário Daniel segue no cargo, com certeza, sem nenhuma dúvida. Tudo aquilo que alguém com responsabilidade tem que fazer ele tem feito. É um fato grave, mas todas as medidas foram tomadas imediatamente. É preciso averiguar de quem foi a responsabilidade, se tem um controle sobre a entrada de visitas no presídio, onde é preciso saber quem entra e quem sai, deve-se buscar a saber de quem foi essa falha e se tem crime, vai ter que responder”, destacou.

As declarações do governador são uma resposta ao deputados da oposição que fizeram um requerimento na Assembleia, pedindo o afastamento de Daniel Oliveira da Secretaria até a apuração do caso.

Wellington Dias ressaltou que os agentes penitenciários foram bastante responsáveis quando encontraram o adolescente. “Trataram de resolver tudo em relação sobre a proteção do jovem, para que ele fizesse os exames necessários e informaram ao conjunto de autoridades”, afirmou.

O chefe do executivo também lembrou que o Ministério Público entrou com uma ação que trata sobre a existência ou não de crime, em relação ao pai do adolescente, que está sendo investigado e foi preso ontem.

Governador disse ainda que já que foi constatada a falha, há uma necessidade de se rever no sistema prisional. “Porque além de punir é preciso que haja um controle maior na fiscalização de visitantes”.

Ele participou na manhã desta sexta-feira(06) do lançamento do programa Avançar Cidades – Mobilidade Urbana na Associação Piauiense dos Municipais (APPM).

Flash de Lyza Freitas
Redação Caroline Oliveira

Deixe sua opnião