É preciso tirar o chapéu e aplaudir, de pé, a Ópera Serra da Capivara

Quando é para criticar, a gente critica e quando merece ser elogiado, a gente tem que elogiar.

Está de parabéns a iniciativa do Governo do Estado, através da secretaria estadual de Cultura, tendo Fábio Novo (PT) a frente, a ideia de realizar a Ópera Serra da Capivara, na cidade de São Raimundo Nonato, Sul do Piauí.

É coisa de tirar o chapéu, ficar de pé e aplaudir. No mesmo gancho, importante dar os parabéns à TV Meio Norte ao destacar um grupo de profissionais de comunicação para fazer a transmissão ao vivo do espetáculo que foi visto na noite desta quinta-feira (27/07) na casa de muitos piauienses.

 (Crédito: Wellington Benário)

É fato que somos um estado carente de grandes realizações artísticas e culturais. O que tem feito Fábio Novo a frente da Secult tem saltado os olhos. Alguém pode até dizer: “não faz mais que a obrigação”. Mas eu diria: “Que bom. Porque anteriormente nem essa obrigação estava sendo feita”.

Seria bom que essa “obrigação” feita pela pasta da Cultura se estendesse a outras, como por exemplo a de Turismo, que insisto em dizer que é uma das que mais deixa a desejar nesta gestão do Governo Wellington Dias (PT). E olha que um evento como esse, em São Raimundo Nonato, em plena atração turística Serra da Capivara, a Setur se limita a aparecer nos cartazes promocionais.

Quem assistiu a transmissão da TV MN viu quem estava ao lado do governador dando entrevista, satisfeitíssimo com a repercussão da Ópera da Serra da Capivara (veja na foto abaixo). Um adendo: nesta entrevista W.Dias relembrou que essa iniciativa pode se repetir e trazer de volta uma ideia que era ainda do seu primeiro mandato, lá em 2003, o Festival Interartes. Para quem não lembra, esse festival ganhou um apelo midiático mundial e trouxe gente de todo o mundo para cá.

Wellington Dias e Fábio Novo em entrevista à Cinthia Lages, da TV MN, durante o evento na noite desta quinta-feira (Foto: Reprodução)

Por Alisson Paixão – Oito e Meia

Deixe sua opnião