Deficiente visual de São Raimundo Nonato é aprovada no Exame da OAB em história emocionante

    Ela só enxerga a luz. Ela é 100% deficiente visual. Mas ela tinha um sonho. Ser ADVOGADA. Conheça a história emocionante de Naiara Soares.

     

    Ela só enxerga a luz. Ela é 100% deficiente visual. Mas ela tinha um sonho. Ser ADVOGADA. Ela sabia das suas dificuldades, mas nunca se deixou acreditar que seriam maiores que sua capacidade. Aprendeu a não fazer dos problemas e dificuldades desculpas ou instrumentos de sabotagem. Ao contrário, sempre se agigantou e prometeu ao seu coração que mesmo sem ter a visão nos olhos, ela conseguiria estudar, aprender o direito, se capacitar e passar na prova da OAB.

    Em 2013, pelos desígnios de Deus, fui colocado frente a frente com ela, num aulão beneficente que fiz aqui em Goiânia. Ela estava se formando em Direito. Quis Deus que ele escolhesse seguir o meu trabalho e me dar a honra de ser seu Treinador. Foram 4 anos. E se a jornada às vezes foi de dor e dificuldade implacável, a garra e o sonho da Nayara a fez Incansável. E com isso me arrastava junto me motivando e sendo para mim tão forte ou mais do que eu tentava ser pra ela. Com ela aprendi lições de valor indescritível. Tenho certeza que me desenvolvi como professor e me lapidei como ser humano.

    Me lembro dos esporros que ela me dava falando “quando desenhar no quadro lembre que eu não enxergo” e eu então tive que me reinventar na arte de lecionar e desde então passei a buscar alternativas na comunicação e didática sempre lembrando que eu também falava para que só me via com os olhos do coração. Nesses anos, treinei outras pessoas de situação igual ou bem similar, como @amandaferretti1 (aprovada em TRIBUTÁRIO) e @alcinojuniorrj (em CONSTITUCIONAL). Mas faltava a minha querida Nayara.

    Eu sabia, assim como ela, que esse dia chegaria. E chegou. Ela venceu. Quando começamos, foram 29 pontos na prova de 1ª Fase. Treinamos no CEO por alguns anos. Subimos pra casa dos 35 e enfim, em Novembro/2017, 40 pontos. Na 2ª Fase em janeiro o teclado dela travou na hora da prova e ela nao consegui terminar… veio a repescagem e ela… (porra, vcs sabem que sou chorão… acho que caiu um cisco aqui no meu olho)… ela PASSOU! Acertou a peça, e sem enxergar, redigiu, respondeu às discursivas e É ADVOGADA TRIBUTARISTA. Parabéns, Nay. Ahhh… ouvi-la dizer “escolhi meu Treinador” foi uma das maiores emoções que já senti.

    Por Pedro Barreto.

    Deixe sua opnião