Agricultor cultivava maconha em casa e diz que seria usada como “chá” para dor de cabeça

O trabalhador rural  Hélio de Oliveira Ferreira, morador na comunidade Bom Jesus, no município de São Braz do Piauí, foi conduzido à delegacia de São Raimundo Nonato após a descoberta de uma plantação de maconha no quintal de sua residência.

Após denúncia anônima, a Polícia Militar foi até a residência do suspeito e constatou o plantio da erva no seu quintal. O suspeito alegou que a plantação tinha uso medicinal. O suspeito foi conduzido até a delegacia de São Raimundo Nonato, mas foi liberado após assinatura do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). A plantação de maconha foi destruída.

PUBLICIDADE

Para a polícia ele afirmou que recebeu uma semente e plantou a maconha para servir de alimento para o gado e também para fazer chá para dor de cabeça. Mas a polícia acredita  que e ele plantava para vender.

Deixe sua opnião